Terça-feira , 23 Outubro 2018
Prognósticos para dia 29: mudança, abstenção ou vitória laranja?

Prognósticos para dia 29: mudança, abstenção ou vitória laranja?

18 de setembro de 2013

PEDRO PASSOS COELHO
 

Seguro acusa Passos de “acto de contrição”

No arranque oficial da campanha para as autárquicas, António José Seguro esteve em Lisboa para apelar ao voto no próximo dia 29 e apoiar António Costa, que considerou “a melhor escolha” para a câmara da capital. Confrontado com a crítica que o presidente do PSD fez às campanhas eleitoralistas, Seguro respondeu: “É um acto de contrição dele. Há dois anos [nas últimas eleições legislativas], ele fez essa campanha: prometeu uma coisa aos portugueses e agora está a fazer outra completamente diferente”.

in Público – 18-09-2013

in Diário Económico – 18-09-2013

in Correio da Manhã – 18-09-2013

in i – 18-09-2013

 

Direita portuense ‘enxota’ líderes do PSD e CDS

Em Vila Nova de Gaia, Pedro Passos Coelho não participará em qualquer iniciativa de campanha de Carlos Abreu Amorim. Aí, na próxima semana, o candidato da coligação terá a seu lado Marcelo Rebelo de Sousa. A única iniciativa que juntou Passos Coelho e Luís Filipe Menezes foi na convenção autárquica do PSD, realizada recentemente em Gaia. O concelho de Paços de Ferreira está fora da rota de Pedro Passos Coelho. “Não o convidei por saber das suas dificuldade de agenda. E só por esse motivo”, sublinha Pedro Pinto. A presença do líder do partido “seria benéfica”, afirma.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

 

Prognósticos para dia 29: mudança, abstenção ou vitória laranja?

O secretário de Estado da Administração Local acredita que a “maturidade democrática dos portugueses” irá levá-los às urnas, lembrando que estes devem utilizar o voto enquanto “ato precioso”. O governante disse que não acredita que os eleitores façam uma avaliação do Governo nas eleições autárquicas, descartando entender uma eventual derrota do PSD como um cartão amarelo ao Executivo de Passos Coelho.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

 

RTP impedida de entrevistar Passos Coelho

A RTP queria que um painel de cidadãos entrevistasse o primeiro-ministro no passado dia 10 de Setembro, período de pré-campanha eleitoral. António José Seguro também seria entrevistado, mas apenas depois da realização das autárquicas. O PS e o PCP queixaram-se à ERC, por entenderem que Passos Coelho iria beneficiar de tempo de antena que os seus partidos não iriam ter. A Comissão Nacional de Eleições pronunciou-se a favor das queixas dos partidos e afirmou que não estava a ser respeitada a igualdade de tratamento entre os líderes partidários com a entrevista ao primeiro-ministro antes das autárquicas.

in Jornal de Negócios – 18-09-2013

 

Ameaça ao governo

A IDC, uma associação internacional de sindicatos de estivadores, ameaça, numa carta a Passos Coelho, com ações que podem ter impacto sobre a “frágil economia” portuguesa caso não seja alcançado um acordo com os estivadores portugueses. Em causa está a nova legislação de trabalho portuário.

in Correio da Manhã – 18-09-2013

 

Passos Coelho recebe antigas alunas

O primeiro-ministro recebeu ontem antigas alunas do ex-colégio das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, que foi sediado na sua residência oficial, em São Bento.

in Correio da Manhã – 18-09-2013

 

Presidente de Timor-Leste inicia amanhã visita a Portugal

O presidente de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, realiza uma visita de Estado a Portugal entre amanhã e segunda-feira, estando previstos encontros com o chefe de Estado português, o primeiro-ministro e a presidente da Assembleia da República.

in i – 18-09-2013

in Diário de Notícias – 18-09-2013

 

Semáforo

Maria Luís Albuquerque com sinal vermelho: A oposição voltou a pedir a sua demissão. É a segunda vez que existem suspeitas de que terá mentido à comissão parlamentar de inquérito. Este era um caso escusado para o Governo – bastava o primeiro-ministro não ser tão teimoso.

in i – 18-09-2013

 

Artigos de opinião/ Comentários

Ministra, ‘swaps’ e a Estradas de Portugal – Editorial

in Diário Económico – 18-09-2013

Um catavento chamado FMI – Editorial

in Público – 18-09-2013

A arma dos “swaps” – Editorial de João Cândido da Silva

in Jornal de Negócios- 18-09-2013

O IVA e a mudança de ciclo económico – Editorial

in Diário de Notícias – 18-09-2013

0,5João Cardoso Rosas

in Diário Económico – 18-09-2013

Tudo ou nadaAntónio Chagas Dias

in Diário Económico – 18-09-2013

Que se lixe Portugal?Paulo Pinto Mascarenhas

in Correio da Manhã – 18-09-2013

O que é que se passa com o socialismo? (Il) – Carlos Carreiras

in i – 18-09-2013

O cara-de-pau – Luís Rainha

in i – 18-09-2013

MARCO ANTÓNIO COSTA
 

 

PSD desafia PS para duelo de ministros

O porta-voz do PSD, Marco António Costa, afirmou que o seu partido está disponível para debates com o PS sobre política nacional durante estas eleições autárquicas. “Nós estamos disponíveis. Se o PS, aqui na Guarda, entende que deve responsabilizar o PSD nacional por algum acto de gestão deste governo, marca dia e hora, traz um ex-governante do anterior governo, e nós cá estaremos também com um governante do actual governo”, declarou aos jornalistas.

in i – 18-09-2013

in Diário de Notícias – 18-09-2013

 

Agenda

Marco António Costa vai andar pelo Norte do país em várias acções em Vila Verde, Esposende, Guimarães e Barcelos.

in Diário Económico – 18-09-2013

 
 
 

Ministra vai pela terceira vez ao Parlamento prestar esclarecimentos

A oposição voltou ontem a pedir a demissão da ministra das Finanças, alegando que a Maria Luís Albuquerque mentiu no Parlamento. Em causa está o facto de o ex-presidente da Estradas de Portugal ter dito na segunda-feira que o ‘swap’ contratado pela empresa pública em 2010 com o Deutsche Bank “teve o parecer favorável do IGCP e a técnica foi a ministra das Finanças”. O PSD que criticou a “lengalenga” da oposição e decidiu voltar a chamar a ministra à comissão de inquérito. O líder da bancada parlamentar do PSD, Luís Montenegro, prometeu agir contra quem mentiu sobre o papel da ministra neste caso.

in Diário Económico – 18-09-2013

in Diário Económico – 18-09-2013

in Diário de Notícias – 18-09-2013

in Correio da Manhã – 18-09-2013

in i – 18-09-2013

in Jornal de Notícias – 18-09-2013

in Jornal de Negócios – 18-09-2013

in Público – 18-09-2013

PSD
 

Enriquecimento Ilícito: Criminalização

A criminalização do enriquecimento ilícito deve regressar à agenda parlamentar até ao fim do ano. A garantia foi dada ontem pela vice-presidente do PSD e da bancada laranja, Teresa Leal Coelho. Contudo, falta agora o trabalho dentro da coligação para encontrar um texto que passe no crivo do Tribunal Constitucional. O projeto ainda não tem um esboço, apurou o CM, e obrigará a audições com especialistas.

in Correio da Manhã – 18-09-2013

in Diário Económico – 18-09-2013

in Diário de Notícias – 18-09-2013

in i – 18-09-2013

in Jornal de Negócios – 18-09-2013

 

PSD quer mudar lei das rendas

O PSD Lisboa defende alterações à lei do arrendamento urbano o “mais rápido possível” para abranger ainda os contratos de atualização, mas lembra não haver datas específicas devido aos vários passos que se têm de dar. Resumindo as propostas, António Proa indicou que as “pessoas mais idosas devem ter um final de vida mais tranquilo e não angustiado com elevados aumentos de renda”.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

in Jornal de Negócios – 18-09-2013

 

Troika revela preocupação com riscos constitucionais

As reuniões com a ‘troika’ já arrancaram e há uma preocupação que tem marcado as conversas: os riscos constitucionais. Os avisos para o impacto das decisões do Tribunal Constitucional na estratégia de cortes da despesa já tinham sido feitos pelo Governo, mas nas últimas reuniões os peritos continuam a insistir neste ponto, sabe o “Diário Económico”. O Governo e o principal partido que sustenta a maioria não querem desistir. Hoje a troika reúne-se com os deputados da comissão parlamentar que acompanha o programa de ajustamento e o PSD confirma que o pedido de suavização de metas será reforçado. Aliás, os chumbos do TC vão ser utilizados como argumento para obter uma flexibilização do objectivo do défice dos actuais 4% para 4,5% em 2014.

in Diário Económico – 18-09-2013

 

Afastamento de ‘dinossauro’ social-democrata faz o PS sonhar com vitória

Desde as primeiras eleições autárquicas em 1976 que a Câmara de Vila Real é liderada pelo PSD. Neste período a presidência foi assegurada apenas por dois homens, Armando Moreira, durante 17 anos, e Manuel Martins, ao longo de duas décadas. No próximo dia 29 os cerca de 50 mil eleitores do concelho transmontano vão decidir se o domínio do PSD continua ou se a presidência “muda de cor”. A segunda força tem sido sempre o PS.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

 

PSD e CDS insistem na meta do défice

A maioria parlamentar PSD e CDS deverá defender hoje perante os representantes da troika a flexibilização da meta do défice para 2014 como condição para proteger os sinais de crescimento da economia. A descida da taxa do IVA na restauração deverá ficar de fora da conversa. Na reunião com os membros da troika, habitualmente à porta fechada, os deputados do PSD vão sustentar a necessidade de não acentuar os cortes (para além dos já previstos) e flexibilizar o défice para 4,5% do PIB no próximo ano, em vez dos 4% fixados. Para já a questão do IVA na restauração não será abordada, disse ao “Público” Nuno Reis, coordenador do PSD na comissão parlamentar de acompanhamento das medidas da troika. A mesma posição é partilhada pelo CDS, que voltará a insistir numa meta do défice de 2014 mais “realista”.

in Público – 18-09-2013

 

CAVACO SILVA
 

Presidente de Timor-Leste inicia amanhã visita a Portugal

O presidente de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, realiza uma visita de Estado a Portugal entre amanhã e segunda-feira, estando previstos encontros com o chefe de Estado português, o primeiro-ministro e a presidente da Assembleia da República. Durante a visita, que se realiza a convite do chefe de Estado português, Aníbal Cavaco Silva, Taur Matan Ruak faz-se acompanhar pelo ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Timor-Leste. O programa oficial da visita inicia-se na sexta-feira.

in i – 18-09-2013

 

Morte de autarca ferido em incêndio comove freguesia

Morreu ontem o presidente da Junta de Freguesia de Queira, no concelho de Vouzela, que se encontrava internado no Hospital de S. João, no Porto, desde o passado dia 23, com queimaduras em 60% do corpo, incluindo na cara e no couro cabeludo. Ao presidente da Câmara de Vouzela, Telmo Antunes, o gabinete do presidente da República solicitou que, em nome de Cavaco Silva, fossem transmitidos os sentimentos à família do autarca.

in Jornal de Notícias – 18-09-2013

 

Agenda
O chefe de Estado confere posse ao Chanceler das Ordens de Mérito Civil, Valente de Oliveira.

in Correio da Manhã – 18-09-2013

 

Artigos de opinião/ Comentários

Um trinta e um dois em umMarco Capitão Ferreira

in Diário Económico – 18-09-2013

O que negociar com a troika? – Luís Aguiar-Conraria

in Público – 18-09-2013

 

ANTÓNIO JOSÉ SEGURO
 

Seguro vai hoje pedir à troika que flexibilize défice em 2014 para 5%

Foi ontem no final de uma jornada que começou em Lisboa e acabou em Aveiro que surgiu a notícia de que hoje a direção do PS receberá a troika, na sede do partido. Numa sessão de campanha, António José Seguro revelou: “O Governo e a troika têm de redefinir as metas orçamentais para o próximo ano. Pelo menos deve ficar em cinco por cento a meta orçamental para 2014” – ou seja, mais um ponto percentual do que está definido, o que traduzindo em valores absolutos equivale a uma folga extra de 1.600 milhões de euros.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

in Correio da Manhã – 18-09-2013

in Público – 18-09-2013

in Diário Económico – 18-09-2013

in Jornal de Notícias – 18-09-2013

 

Seguro sai à rua para pedir voto em António Costa

António José Seguro deu o arranque à campanha eleitoral do PS para as autárquicas em Lisboa, ao lado do seu grande rival interno, António Costa. Entre a Praça Paiva Couceiro e o Intendente, Seguro e Costa trocaram muitas impressões sobre a cidade, com o autarca a mostrar com orgulho a recuperação que foi feita naquela zona.

in Correio da Manhã – 18-09-2013

in Público – 18-09-2013

in Diário Económico – 18-09-2013

 

CARLOS ZORRINHO
 

Oposição quer cabeça da ministra

O PSD, pela voz do seu líder parlamentar, não demorou a dizer que “está inequivocamente demonstrado” que a ministra das Finanças nunca mentiu ao Parlamento no caso dos swaps e admitiu “tomar todas as diligências” contra quem “faltou a verdade” relativamente ao papel da ministra. Maria Luís Albuquerque fica sem “condições” éticas e políticas “para continuar”, contrapôs Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP. “Não falou verdade ao Parlamento”, considera Carlos Zorrinho, líder parlamentar do PS. PCP, BE e PS pedem a cabeça da ministra.

in Jornal de Notícias – 18-09-2013

in Diário Económico – 18-09-2013

in Diário de Notícias – 18-09-2013

PS
 

Defesa diz que subconcessão dos Estaleiros de Viana salva mais empregos

A subconcessão dos terrenos dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) é a solução que permite “salvar o maior número de postos de trabalho”, defendeu ontem José Pedro Aguiar-Branco, ministro da Defesa, no Parlamento. Governo e PS trocaram ontem acusações durante a apresentação de uma apreciação parlamentar do PS e do PCP com o objectivo de anular a alteração do contrato de concessão, que permite a subconcessão – o processo já foi lançado e está a decorrer a fase de entrega das propostas dos interessados, sendo que o prazo termina na próxima segunda-feira. A tutela já confirmou a existência de oito interessados.

in Diário Económico – 18-09-2013

in Diário de Notícias – 18-09-2013

in Jornal de Notícias – 18-09-2013

 

Entrevista a Ana Gomes

“É lamentável. Esta Comissão Europeia, presidida pelo Dr. Durão Barroso, que era primeiro-ministro na altura em que o contrato dos submarinos foi assinado, devia ter um interesse particular em perceber ao detalhe o que se passou na realidade.”

in Correio da Manhã – 18-09-2013

 

Artigos de opinião/ Comentários

Sem crédito – Eduardo Cabrita

in Correio da Manhã – 18-09-2013

PAULO PORTAS
 

Direita portuense ‘enxota’ líderes do PSD e CDS

O candidato independente Rui Moreira à presidência da Câmara do Porto não contará com a presença de Paulo Portas em qualquer ação da sua campanha autárquica. “Essa hipótese nunca esteve em cima da mesa”, mesmo depois do CDS-PP declarar publicamente apoio à candidatura do atual presidente da Associação Comercial do Porto. Quando, no início do ano, surgiu o manifesto de apoio à candidatura de Rui Moreira, assinado por figuras de diversas áreas políticas, Paulo Portas recebeu-o com “simpatia”. O movimento, afirmou na altura o líder do CDS-PP, “ia para além dos partidos, nasce na sociedade civil, e reconhece o esforço que Rui Rio fez na cidade do Porto e que não quer voltar atrás”.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

 

Troika. Parceiros saem de mãos a abanar e programa é para cumprir

A posição do Citi contraria a de Paulo Portas. Na segunda, dia do início da oitava e nona avaliações da troika, o vice-primeiro-ministro reiterou que uma avaliação positiva da troika ao programa não significa o fim das obrigações para com os credores internacionais, mas traduz-se no fim do programa de assistência económica e financeira e o fim “do tempo do protectorado”. Nessa altura, Paulo Portas voltou a realçar que existe uma grande diferença entre um programa cautelar e um segundo resgate, lembrando que a Grécia está neste último caso e a Irlanda no primeiro.

in i – 18-09-2013

 

Artigos de opinião/ Comentários

Tudo ou nada – António Chagas Dias

in Diário Económico – 18-09-2013

A austeridade destrói o futuro – Pedro Nuno Santos

in i – 18-09-2013

Sem crédito – Eduardo Cabrita

in Correio da Manhã – 18-09-2013

O cara-de-pau – Luís Rainha

in i – 18-09-2013

 

 
PSD e CDS insistem na meta do défice

A maioria parlamentar PSD e CDS deverá defender hoje perante os representantes da troika a flexibilização da meta do défice para 2014 como condição para proteger os sinais de crescimento da economia. A descida da taxa do IVA na restauração deverá ficar de fora da conversa. Na reunião com os membros da troika, habitualmente à porta fechada, os deputados do PSD vão sustentar a necessidade de não acentuar os cortes (para além dos já previstos) e flexibilizar o défice para 4,5% do PIB no próximo ano, em vez dos 4% fixados. Para já a questão do IVA na restauração não será abordada, disse ao “Público” Nuno Reis, coordenador do PSD na comissão parlamentar de acompanhamento das medidas da troika. A mesma posição é partilhada pelo CDS, que voltará a insistir numa meta do défice de 2014 mais “realista”.

in Público – 18-09-2013

JOÃO SEMEDO E CATARINA MARTINS
 

Opinião dos leitores

Empregos do Bloco

in Correio da Manhã – 18-09-2013

 
 

“Se mentiu, não tem condições para continuar”

Dia mais calmo na campanha da CDU para as eleições autárquicas. Depois de uma jornada bastante movimentada no distrito de Lisboa, Jerónimo de Sousa esteve ontem ao lado dos candidatos da coligação às autarquias de Santarém, onde exigiu um esclarecimento cabal sobre a intervenção da ministra das Finanças no caso das swap. O secretário-geral do PCP sustentou que se Maria Luís Albuquerque “validou, como técnica superior, um negócio que foi desastroso para o País” e “mentiu na comissão parlamentar de inquérito” “não tem condições no plano ético e político” para continuar em funções.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

in Jornal de Notícias – 18-09-2013

 
 

Defesa diz que subconcessão dos Estaleiros de Viana salva mais empregos

A subconcessão dos terrenos dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) é a solução que permite “salvar o maior número de postos de trabalho”, defendeu ontem José Pedro Aguiar-Branco, ministro da Defesa, no Parlamento. Governo e PS trocaram ontem acusações durante a apresentação de uma apreciação parlamentar do PS e do PCP com o objectivo de anular a alteração do contrato de concessão, que permite a subconcessão – o processo já foi lançado e está a decorrer a fase de entrega das propostas dos interessados, sendo que o prazo termina na próxima segunda-feira. A tutela já confirmou a existência de oito interessados.

in Diário Económico – 18-09-2013

in Diário de Notícias – 18-09-2013

in Jornal de Notícias – 18-09-2013

 

PCP acusa maioria de destruir ensino

O PCP defendeu o reforço de meios humanos nas escolas, proposta saudada pelas restantes bancadas da oposição e com a maioria parlamentar a recusar as acusações de “destruição da escola pública”. “É uma proposta de elementar justiça” disse Rita Rato, acusando PSD, CDS – e PS de nos últimos anos terem “recorrido ilegalmente à precariedade” na contratação de professores e funcionários das escolas.

in Diário de Notícias – 18-09-2013

 

Scroll To Top